Impressoras

Timeline created by Raquel Gonçalves
  • Criação da primeira impressora

    Criação da primeira impressora
    A invenção foi obra de Chester Carlson, físico norte-americano. Desenvolvido e comercializado pela Xerox Corporation. Era uma impressora muito lenta, tanto que algumas impressões poderiam demorar horas até ficarem concluídas
    Este processo era feito em seis etapas:
    • Carga;
    • Exposição;
    • Revelação;
    • Transferência;
    • Fusão;
    • Limpeza;
  • Primeira impressora de alta velocidade

    Primeira impressora de alta velocidade
    Em 1953 a primeira impressora de alta velocidade foi desenvolvida pela Remington-Rand para ser usada no computador Univac.
    Tinha uma tecnologia semelhante ao da máquina de escrever, no qual uma fita era pressionada no papel para imprimir a letra, ou seja, funcionava por impacto
  • Plotter

    Plotter
    As primeiras plotters, utilizavam canetas, ou penas. Nos anos 70, eram a única forma de obter uma impressão de alta resolução e precisão. Eram usadas para imprimir desenhos em grandes dimensões, com elevada qualidade e rigor, como por exemplo mapas cartográficos, projetos de engenharia e grafismo.
  • Impressora térmica de transferência

    Impressora térmica de transferência
    Rápida, económica e silenciosa que funciona por transferência térmica.
    Impressoras de transferência térmica utilizam dois tipos de consumíveis, Ribbon (Fita de Transferência Térmica) e as Etiquetas (em papel ou materiais sintéticos.)
    São equipamentos mais rápidos e que podem imprimir numa gama alargada de materiais.
    Este tipo de impressão é uma tecnologia particularmente adequada para o fabrico de etiquetas e de código de barras com qualidade e fiabilidade no meio industrial.
  • Primeira impressora a laser

    Primeira impressora a laser
    O grande marco dos anos 80, no que diz respeito à tecnologia, foi a criação da impressora a laser. Esse tipo de equipamento é ideal para quem procura velocidade para grandes volumes de impressão. Usa consumíveis definidos como “toners”. Tem um raio laser que desenha a imagem a ser impressa sobre o tambor, o rolo magnético traz o pó do toner para o tambor nos pontos carregados eletroestaticamente. O tambor transfere o toner para a folha de papel e o fusor funde o pó do toner no papel.
  • Impressora 3D

    Impressora 3D
    A Impressão 3D surgiu em 1984, Charles “Chuck” Hull, que trabalhava numa empresa de lâmpadas UV, sugeriu à empresa usá-las para outra finalidade: curar resina fotossensível para criar novos produtos.
  • Impressora a jato de tinta

    Impressora a jato de tinta
    Não há um único inventor da impressora a jato de tinta, esta é partilhada entre a Hewlett-Packard, Epson e Cannon.
    Após décadas de desenvolvimento, a impressora a jato de tinta finalmente apareceu no mercado no final dos anos 80. Os obstáculos finais que a impediram de ser lançada mais cedo, eram, conseguir criar um fluxo controlado de tinta e impedir o entupimento dos injetores com tinta seca.
    Cannon e Hewlett-Packard conseguiram superaram esses obstáculos em 1988.
  • Primeira impressora jato de tinta micro Piezoelétrica

    Primeira impressora jato de tinta micro Piezoelétrica
    Foi lançada no mercado em 1993 pela Epson, estando totalmente à frente do que era produzido até então.
    Essa tecnologia utiliza cristais piezo que emitem impulsos quando a impressora envia sinais elétricos, assim ela produz gotas muito consistentes tanto na forma, como no tamanho, o que gera impressões nítidas e precisas.
  • Impressora Multifunções

    Impressora Multifunções
    Antigamente, era preciso ter diversos equipamentos para enviar um fax, fazer cópias e imprimir. Atualmente as pessoas passaram a contar com todas essas funções num único aparelho.
    Através de redes Wi-fi é possível enviar documentos que estejam guardados no telemóvel para uma impressora que esteja na rede.
    Uma das maiores vantagens das impressoras multifunções é a digitalização de documentos, ou seja, a função scanner.